728x90 AdSpace

Últimas News

23 de jun de 2012

7 redes sociais que você não pode deixar de conferir


No variado mundo das redes sociais, existem espaços dedicados a assuntos e públicos bem específicos; confira algumas delas nesta galeria de imagens
São Paulo – Em um mundo virtual dominado pelo Facebook e seus mais de 900 milhões de usuários, é difícil imaginar que ainda exista espaço para novidades no que diz respeito às redes sociais. A grande surpresa é que sim, existe, e não é pouco.
A quantidade de redes sociais que têm objetivos e públicos específicos é enorme e, mês a mês, surge uma novidade. Há uma dedicada inteiramente para os amantes da boa gastronomia, assim como existe outra que se propõe a ser uma rede social reservada aos homens.
Independente do seu propósito, a maioria delas ainda é desconhecida pelo grande público. Por isso, EXAME.com selecionou 7 redes sociais, com objetivos diferentes, e que você não pode deixar de conferir.

Foodie.com

Foodie.comLançada no começo do ano, Foodie é uma rede social destinada aos amantes da boa comida. O seu objetivo é oferecer aos usuários a chance de descobrirem novos sabores, receitas ou restaurantes. É também um local onde os amantes da gastronomia podem entrar em contato com outros que dividem as mesmas preferências.
O usuário pode adicionar suas próprias receitas à rede ou ainda pode procurar por alguma específica. Neste segundo caso, e um dos destaques da rede, pode se ter acesso a dicas de outros usuários ou do seleto grupo chamado Foodie Ambassadors (Embaixadores do Foodie). Este grupo é formado por críticos, chefs e blogueiros de gastronomia em geral e que também deixam suas contribuições acerca de novos restaurantes ou pratos imperdíveis.
A rede social, como não poderia deixar de ser, tem design elegante e é recheada com belas imagens de pratos que dão água na boca. Todo o conteúdo, porém, está disponível apenas em inglês. O acesso ao Foodie é gratuito, não requer convites, e pode ser feito a partir do perfil do Facebook.

Gentlemint

GentlemintO sucesso estrondoso do Pinterest, especialmente entre o público feminino que corresponde a mais da metade dos visitantes da rede, abriu precedentes para que outros sites com a mesma proposta surgissem. E se o Pinterest é um local essencialmente feminino, existem outros que tem os homens como público alvo. Um deles é o Gentlemint, lançado no começo de 2012.
A rede social foi concebida por dois amigos, Glen Stansberry e Brian McKinney, em apenas 12 horas regadas a muito bourbon. O seu objetivo é, basicamente, ser um local no qual os homens possam dividir assuntos mais, digamos, masculinos, em termos de humor, estilo e o que mais acharem pertinentes.
Como a rede social é muito recente, a pequena equipe está trabalhando em ajustes e funcionalidades. Portanto, o cadastro de novos usuários ainda está sujeito a convites. Para receber o seu, basta cadastrar-se e aguardar. De acordo com os criadores no blog oficial da rede, todos serão aceitos, é apenas uma questão de tempo para que a pequena equipe dê conta de cadastrar todos os pedidos.

Path

PathUma das coisas mais bacanas do Facebook é a maneira com a qual se compartilha o que quiser para todos os seus amigos na rede social. A facilidade porém, pode ser uma armadilha, especialmente para quem tem em sua lista não apenas amigos, mas também colegas de trabalho, por exemplo.
Pois a rede social Path tem como objetivo ser o oposto de tudo isso. A ideia é manter um círculo diminuto de pessoas realmente próximas. Assim, o usuário poderá dividir tudo o que quiser (vídeos, fotos e localização), com direito a fotos e sem medo de expor sua privacidade para quem não deveria.
Lançada no final de 2010, o Path não tem versão para web e já conta com pouco mais de 2 milhões de usuários. Está disponível apenas como app gratuito para iPhone e Android, o que reforça sua característica de diário que acompanha o usuário onde quer que ele esteja. O Path também oferece a possibilidade de compartilhamento no Facebook e Twitter, se assim o usuário desejar.

Pose

PoseUma das grandes manias da mulherada é expor em seus perfis os chamados “Looks do dia”, fotos capturadas que mostram a roupa escolhida para o trabalho, por exemplo, com a descrição completa de cada item. Quem tem o hábito de fazer isso não pode deixar de conhecer o Pose, uma rede social dedicada inteiramente à atividade.
Lançada há pouco mais de um ano, o objetivo da rede é conectar mulheres com os mesmos interesses ao permitir o compartilhamento de fotos e a interação entre usuárias. No Pose ainda é possível marcar cada peça com a marca ou loja onde foi comprada, facilitando que quem gostou possa encontrar um modelo igual.
A rede social possui, além de uma versão na web, apps para Android e iPhone e também permite que os looks sejam compartilhados em outras redes, como Facebook e Twitter.

Untappd

UntappdCervejeiros de plantão também tem um espaço inteiro dedicado ao seu assunto predileto: cerveja. OUntappd, lançado há pouco mais de um ano, é o local perfeito para dividir experiências relacionadas ao variado mundo da cerveja.
No espaço chamado “The Pub”, é possível ficar sabendo onde e o que seus amigos estão bebendo. Ao clicar na cerveja, a rede oferece então todas as informações sobre a bebida, como seu fabricante, onde é produzida, quem a está bebendo no momento.
Outro local da rede, chamado “Top Rated”, o usuário pode ver quais os rótulos mais bem avaliados e adicioná-los à sua lista de desejos. A rede social conta com versões mobile gratuitas para iPhone e aparelhos Android, seu conteúdo é em inglês e disponível apenas para maiores de idade.

Friends of Wikileaks

Friends of WikileaksApesar de não ser oficialmente ligada ao Wikileaks, a rede social Friends of Wikileaks tem o propósito de reunir pessoas que compartilham os princípios e apoiam a organização de Julian Assange. A ideia é que, ao conectar pessoas com ideais similares, os mesmos consigam formar um forte movimento de ciberativismo.
De acordo com o manifesto escrito no site do FoWL, todos os dados dos usuários são criptografados e são invisíveis para quem não faz parte da sua rede imediata de amigos. Tais medidas de segurança, segundo o manifesto, servem também para proteger os usuários da vigilância e ataques de agências de inteligência, privadas ou governamentais.
Para participar, usuário faz o cadastro e recebe um código formado por números e letras que servirá para realizar o login. A própria rede irá indicar 6 amigos com base na sua localização imediata e mais 6 que falem os mesmos idiomas do usuário e que estejam em outros países. Os amigos podem ser excluídos à vontade, por questões de afinidade por exemplo. Nestes casos, a rede irá oferecer um novo nome para substituí-lo.
A rede ainda não está 100% em funcionamento, mas aceita cadastros e garante que irá começar, em breve, a indicação de amigos para os usuários que já fazem parte do FoWL. O registro é feito em poucos minutos e é completamente gratuito.

So.cl

So.clLançada em maio de 2012, em silêncio quase absoluto, o So.cl é uma rede social desenvolvida pela Microsoft. De acordo com a empresa, a rede é um projeto experimental conduzido pelo Microsoft FUSE Labs – departamento responsável por elaborar produtos e pesquisas com foco em experiências sociais.
A ideia é que seus usuários criem e compartilhem histórias e experiências em posts que formam uma espécie de “colagem virtual”. Além disso, a rede permite que o usuário construa os próprios feeds com tópicos de seu interesse. Também é possível compartilhar vídeos com seus amigos através da opção “Video Party”.
O cadastro na rede social é gratuito e pode ser feito através do perfil do Facebook. O conteúdo apresentado pelo So.cl e que pode ser adicionado aos posts é oferecido pelo buscador da Microsoft, o Bing.

Fonte: Revista Exame
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Item Reviewed: 7 redes sociais que você não pode deixar de conferir Description: Rating: 5 Reviewed By: Tangles Martins