728x90 AdSpace

Últimas News

10 de jan de 2013

A relação e-commerce, moda e redes sociais

Conceituando: mídia social é tecnicamente um meio de interação social através da web. O objetivo ideológico é que ele permite uma livre troca de ideias, além de gerar conteúdo relevante com base no usuário. Resumidamente, Mídia Social é relacionamento!
É notório o crescimento das empresas de moda no e-commerce. Segundo pesquisa publicada na Revista Exame, o setor de moda é o que mais interage nas ações digitais, com um índice de 25,5%, seguido pelo de eletrônicos, com 14,3%, e comunicação, com 11,3%.
E por conta disso vem ocorrendo um conflito: As grandes marcas querem manter o seu DNA, e se preocupam com a forma de comunicação nas mídias sociais. Estão certíssimas, mas é preciso avaliar qual o formato de comunicação a ser feito, jamais engessado.
Lembre sempre que Mídia Social é relacionamento, e quando a marca começa a postar apenas conteúdos no formato marketing off line (banners, lojas e o famoso “visite nossa loja”), as pessoas não interagem, o resultado é inverso.
Pensando com cabeça de consumidor, nós percebemos um texto plástico, sem relacionamento, apenas no intuito de conseguir likes. Os likes podem ser adquiridos com boas campanhas, porém, 50 mil likes não garantem aumento nas vendas.
As pessoas que usam a rede social gostam da interatividade, da comunicação diária, concisa e objetiva. Quando isso acontece, aí sim o ciclo dos 3C de curtir, compartilhar e clicar será cumprido. Porque só se consegue a venda se o cliente for até a loja virtual.
Só o curtir não vai gerar vendas. Só o curtir não vai levar tráfego ao seu site. É preciso ter o CURTIR, mas é preciso também interagir com essas pessoas.
É muito comum ouvir das marcas de moda que apesar das comunidades terem muitos seguidores, não conseguem levar tráfego para sua loja. O diagnóstico é simples: A forma de comunicação não esta correta.
O erro é usar os formatos da mídia off line na mídia online. A preocupação com o estilo de comunicação, formato dos textos e imagens compartilhadas nas mídias sociais é boa, porém ela não pode engessar o processo de comunicação das marcas com as pessoas.
No início da atividade comercial do e-commerce no Brasil, as pessoas tinham muito receio de comprar online, pois entendiam que não havia ninguém do outro lado, que a loja poderia estar do outro lado do mundo, e que se houvesse algum problema ou dúvida, não teria com quem falar.
Esse medo diminuiu com as redes sociais, porque elas aproximam as pessoas das marcas.
Mídia Social é para isso, para mostrar ao mundo que apesar do negócio ser digital, ele ainda é feito por pessoas.
As 10 dicas mágicas para fazer uma Mídia Social para e-commerce:
  • Mídia Social é igual planta, tem que regar todo dia senão ela morre;
  • Mídia Social é igual planta, se regar muito ela morre afogada;
  • Não use Mídia off line no online;
  • Mídia Social é relacionamento, ouvir e falar faz parte da estratégia;
  • Tenha personalidade, deixe claro que do lado da marca existe uma pessoa;
  • Responda as mensagens em inbox ou DMs, ou os emails recebidos;
  • Pesquise o que estão dizendo da sua marca nas Mídias Sociais, e interaja!
  • Agradeça quem compartilha sua marca;
  • Mostre seu produto nas Mídias Sociais como quem conta para um amigo uma descoberta genial;
  • Quem administra Mídia Social tem que ter talento para conversar;
Seguindo esses 10 pontos, você verá o resultado rapidamente, e é bem provável que sua loja virtual venda mais.
Fonte: Profissionaisti.com.br 
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 comentários:

Item Reviewed: A relação e-commerce, moda e redes sociais Description: Rating: 5 Reviewed By: Tangles Martins